Critério de Estabilidade de Nyquist

Neste post vemos como usar o Critério de Estabilidade de Nyquist para determinar a estabilidade de um sistema a partir do Diagrama de Nyquist e a localização dos PMA (Polos de Malha Aberta) do sistema.

Veja a lista de posts do Controle de Sistemas Lineares em sequência. Continue lendo “Critério de Estabilidade de Nyquist”

Concurso: Polos de sistema de tempo contínuo

Esta questão vem do NC-UFPR, Concurso da Itaipu para Engenharia Elétrica em 2019.

Pelo enunciado desta questão parece ser necessário utilizar algum critério de estabilidade para determinar o número de polos em cada lado do plano complexo. Mas podemos resolver a questão de forma muito mais fácil e rápida.

Questão

(Adaptado) 16 – Durante a análise de um projeto de sistema de controle com realimentação [negativa unitária], foi apresentado o diagrama da figura abaixo.

R(s)+   +------+   C(s)
o-->O---| G(s) |---o-->
    ^   +------+   |
    |-             |
    o--------------o

G(s) = 1/[s(2s4 + 3s3 + 2s2 + 3s + 2)]

Com base nas informações dessa figura, é correto afirmar que o sistema é:

a) instável, com três polos no semiplano da esquerda e dois polos no semiplano da direita.

b) estável, com três polos no semiplano da direita e da esquerda.

c) instável, com um polo no semiplano da esquerda e três polos no semiplano da direita.

d) estável, com dois polos no semiplano da esquerda e dois polos no semiplano da direita.

e) instável, com cinco polos no semiplano da esquerda e quatro polos no semiplano da direita. Continue lendo “Concurso: Polos de sistema de tempo contínuo”

%d blogueiros gostam disto: